Home > Santuário da Medalha Milagrosa

SANTUÁRIO DA MEDALHA MILAGROSA

Inaugurado em 1955, acolhe durante todo o ano centenas de peregrinos e devotos que respondem com fé ao convite da Virgem, formulado através de Santa Catarina Labouré: “Vinde aos pés deste altar. Aqui as graças serão derramadas sobre todos que as pedem.”
Imponente e ao mesmo tempo sóbrio, abriga nas laterais duas pequenas capelas, recordando as fases das aparições, espaços para reuniões e, no subsolo, a cripta com o ossário de nossas Irmãs.
Um intenso trabalho de revitalização de suas pastorais vem sendo realizado. É significativa a afluência de fiéis que acorrem toda 2º feira e no dia 27 de cada mês para a novena perpétua, movimento que cresce, consideravelmente, por ocasião da Festa da Virgem da Medalha Milagrosa.

SUA HISTÓRIA
A construção do Santuário da Medalha Milagrosa, dedicado à Mãe de Deus foi motivada pela canonização da vidente da Virgem Maria, Irmã Catarina Labouré em 1947. A pedra fundamental foi lançada aos 26 de junho de 1949 com a presença do Cardeal do Rio, na época, D. Jaime Câmara, e a inauguração no dia 18 de julho de 1955, às 8 horas, com uma solenidade majestosa, presidida por Sua Eminência Revma. D. Lázaro Neves, CM.

A imagem de Nossa Senhora das Graças foi transladada para o Santuário no dia 31 de maio de 1981. A imagem de 5 metros e meio de altura, pesando 4,5 toneladas, foi elevada a uma altura de 60 metros, em cima da torre do Santuário.

 

No dia 5 de agosto de 2003, a Prefeitura Municipal do Rio de Janeiro declarou o tombamento da Capela Nossa Senhora das Graças e Santuário da Medalha Milagrosa. (Decreto Municipal nº. 23236)

Telefones para contato:

Reitor: (21) 2563 9485 / 2563 9495

Sacristia: (21) 2563 9497 (Irmã Nellyzinha)

Lojinha: (21) 2563 9496 (Míriam)